Deputado Reinelli propõe tornar a resiliência uma política pública estadual

O Projeto de Lei que institui o Programa Rio Grande Resiliente PL 59/2018 como política pública estadual foi protocolado na Assembleia Legislativa pelo deputado João Reinelli (PSD).

O parlamentar sugere que as cidades e o Estado do RS assumam o compromisso de estabelecer as condições para que as comunidades desenvolvam as habilidades necessárias para implantar a resiliência urbana, ou seja, o planejamento responsável e sustentável, considerando a prevenção, a mitigação e a capacidade de regeneração das cidades diante dos eventos previsíveis ou inesperados e avaliando os riscos que as ameaçam.

“A estratégia de resiliência é um conjunto de ações planejadas conforme as necessidades e as características de cada cidade para que ela esteja preparada para enfrentar eventos crônicos e agudos, ou seja, os fenômenos climáticos, as crises, os problemas sociais. A resiliência urbana é benéfica porque torna as cidades mais fortes, mais eficientes para que ofereçam melhor qualidade de vida à população”, explica Reinelli.

A inspiração foi o projeto “100 Cidades Resilientes”, da Fundação Rockfeller, instituição norte-americana que escolheu uma centena de cidades do mundo para incentivar e apoiar na criação de suas estratégias de resiliência.

Conforme João Reinelli, a proposta pretende incentivar as cidades a criarem redes locais de resiliência antes mesmo de a legislação vigorar, com a intensiva colaboração da sociedade civil organizada.

Em parceria com o poder público, as comunidades formariam um comitê gestor com representantes locais, sendo este responsável por levantar junto à população as demandas e prioridades que servirão de base para o desenvolvimento e a implantação de suas estratégias de resiliência particulares.

Comentários desativados.